Blog

Tipos de papel e aplicações

Tipos de papel e aplicações

O papel é o principal suprimento na área de impressão. É o substrato para nossas idéias, tanto em impressos editoriais, promocionais ou comerciais. Antes conhecer os tipos de papéis mais comuns, segue abaixo suas principais características:

 

  • Peso (gramatura)
    Os papéis são identificados pela sua gramatura, variando normalmente de50 a400 gramas definindo o peso e volume final do impresso. A gramatura é fator importante na composição de custos do impresso, tanto na impressão, quanto na distribuição, principalmente quando via correio.
  • Formato
    Um formato bem definido proporciona melhor aproveitamento do papel, evitando desperdício. Isto vale tanto para custos, como para a consciência ecológica. Antes de iniciar o projeto do seu impresso, consulte a Tabela de melhor aproveitamento de papel para impressão.
  • Cor
    A cor do papel, seu grau de alvura e opacidade, determinam sua aplicação. Como as tintas off-set contém transparência, a cor pode sofrer alteração de acordo com o papel utilizado. Recomenda-se papéis com bom grau de alvura para reprodução à 4 cores. Papéis levemente amarelados e com alto grau de opacidade são indicados para livros (leitura), evitando o cansaço visual e a transparência de textos e figuras de uma página com relação ao verso desta página.
  • Textura
    Considerar como textura o aspecto da superfície do papel (lisos, texturados, telados, calandrados) e o seu grau de rígidez. Cada tipo de impresso pode necessitar de uma textura diferente. Consulte um dos nossos contatos para uma indicação.

Abaixo alguns tipos de papéis e suas aplicações

OFF-SET: Papel com bastante cola, superfície uniforme livre de felpas e penugem e preparado para resistir o melhor possível a ação da umidade, o que é de extrema importância em todos os papéis para a impressão pelo sistema offset. Sua aplicação é na impressão para miolo, livros infantis, infanto-juvenis, médicos, revistas em geral, folhetos e todo serviço à 4 cores (CMYK).

POLEN: Papel com um toque rústico e artesanal. OFF-SET/Policromia. É usado em papel para miolo, guarda livros e livros de arte.

POLEN BOLD: Papel com opacidade e espessura elevada. OFF-SET/Policromia. É usado em livros quando necessário papeis mais espessos, sem aumento do peso do livro.

POLEN SOFT: Papel com tonalidade natural, ideal para uma leitura mais prolongada e agradável. Suas aplicações são em livros instrumentais, ensaios e obras gerais.

ALTA ALVURA: Papel offset, com alta lisura, brancura e opacidade. Produzido através do processo “soft calender on-machine”, oferece a melhor qualidade de impressão e definições de imagens.

COUCHÊ BRILHO: Papel com uma ou ambas as faces recobertas por uma fina camada de substâncias minerais, que lhe dão aspecto cerrado e brilhante, e muito próprio para a impressão de imagens e em especial de retículas finas.

COUCHÊ FOSCO: Papel com revestimento e fosco nos dois lados.Suas aplicações são em impressão de livros em geral, catálogos e livros de arte.

COUCHÊ L1: Papel com revestimento Couchê brilhanteem um lado. Para impressão à 4 cores.Este tipo de papel é utilizado principalmente para a confecção de rótulos.

COUCHÊ L2: Papel com revestimento Couchê Brilhante nos dois lados. Para impressão à 4 cores. Suas aplicações são em livros, revistas, catálogos e encartes.

COUCHÊ FOSCO: Papel com revestimento e fosco nos dois lados.Suas aplicações são em impressão de livros em geral, catálogos e livros de arte.

OPALINE: Apresenta excelente rigidez (carteado), alvura, lisura, espessura uniforme. Sua aplicação é em cartões de visita, convites e diplomas.

VERGÊ: Apresenta como característica principal uma textura ondulada, aparência artesanal, formação de folhas homogêneas, resistência das cores à luz, controle colorimétrico e é adequado para impressão: offset, tipografia, relevo e etc. Suas aplicações são para papel de carta, envelopes, catálogos, capas, trabalhos publicitários, cartões de visita, formulários contínuos, mala-direta, para miolo e guarda de livros.

COLOR PLUS: Apresenta colorido na massa, boa lisura para impressão, sem dupla face, resistência das cores à luz, estabilidade dimensional, controle colorimétrico e continuidade das cores. Suas aplicações são em trabalhos publicitários, papel para carta, envelopes, convites, catálogos, blocos, capas, folhetos, cartões de visita, mala-direta, formulários contínuos.

CARTOLINA: Cartolina é um intermediário entre papel e o papelão. É fabricado diretamente na máquina, ou obtida pela colagem e prensagem de várias outras folhas. Suas aplicações são em pastas, fichas, cartões e é de uso escolar.

CARTÃO TRIPLEX: Cartão com duas camadas de celulose branca, miolo de celulose pré-branqueada e cobertura couchê em um dos lados. Suas aplicações são em capa de livros em geral, embalagens para produtos alimentícios, cosméticos, impressos publicitários e pastas.

CARTÃO DUPLEX: Cartão com três camadas, duas com celulose pré-branqueada e a terceira de celulose branca com cobertura couchê. Suas aplicações são em capa de livros em geral, cartuchos em geral (para produtos farmacêuticos, alimentícios, higiênicos), embalagens de disco, embalagens para eletro-eletrônicos, embalagens para brinquedos, vestuários, displays e elaminações em micro ondulado.

PAPEL JORNAL: Produto á base de pasta mecânica de alto rendimento, com opacidade e alvura adequadas. É fabricado em rolos para prensas rotativas, ou em folhas lisas para a impressão comum em prensas planas. A superfície pode, ainda, variar de ásperas, alisada e acetinada. Suas aplicações são em tiragens de jornais, folhetos, livros, revistas, material promocional, blocos e talões em geral.

PAPEL KRAFT: Papel muito resistente, em geral de cor pardo-escuro, e feito com pastas de madeira tratada pelo sulfato de sódio (Kraft = força). É usado para embrulho, sacos e sacolas.

PAPÉIS RECICLADOS: Esses papéis são reciclados, constituindo de 50% papéis aparas (sobra de papel), sem impressão. O restante variam de 20-50% de papéis impressos reciclados pós-consumido, variando de acordo com o efeito que se deseja obter. Além de alguns mais específicos que são reciclados em 100%, outros utilizam-se de anilinas em processo exclusivo de fabricação. Todos os papéis oferecem uma variedade muito grande de cores e textura, proporcionando ao usuário um resultado diferenciado dos papéis freqüentemente utilizado. É ideal para impressões finas em livros de arte, hot-stamping, relevo sêco, obras de arte, impressão em jato de tinta e impressão à laser.

LWC: Apresenta camada lisa e brilhante dos dois lados. Papel utilizado principalmente para impressão rotativa, na produção de tabloides de ofertas, folhetos em geral e miolo de revistas.

Conheça a Tabela de Aproveitamento de papel. Lembre-se: se você adequar seus trabalhos nos formatos a seguir listados, seu aproveitamento de papel será MAIOR, e conseqüentemente, terá um custo mais BAIXO de produção.

 

Formato 66X96 cms

31 x 22 cms – 1/8 folha

46 x 31 cms – 1/4 folha

64 x 46 cms – 1/2 folha

94 x 64 cms -  1   folha

64 x 30 cms – 1/3 folha

46 x 20 cms – 1/6 folha

31 x 30 cms -1/16folha

 

Formato 76X112 cms

36 x 26 cms – 1/8 folha

54 x 36 cms – 1/4 folha

74 x 54 cms – 1/2 folha

74 x 35 cms – 1/3 folha

54 x 23 cms – 1/6 folha

36 x 35 cms – 1/6 folha

17,5 x 26 cms -1/16folha

 

Formato 89X117 cms

42 x 29 cms – 1/8 folha

56 x 42 cms – 1/4 folha

84 x 56 cms – 1/2 folha

84 x 36 cms – 1/3 folha

56 x 27 cms – 1/6 folha

42 x 36 cms – 1/6 folha

21 x 28 cms -1/16folha

 

TABELA DE FORMATOS

A0 – 841 x1189 mm

A1 – 841 x594 mm

A2 – 420 x594 mm

A3 – 420 x297 mm

A4 – 210 x297 mm

A5 – 210 x148 mm

A6 – 105 x148 mm

 

Cálculo de lombada

A lombada do miolo de um livro depende, dentre outras variáveis, do método de encadernação (colada, grampeada, costurada) e do tipo de capa (mole, flexível, dura). A fórmula abaixo dá uma aproximação da espessura da lombada antes da prensagem.

Fórmula:

espessura da lombada (mm) =

[número de páginas x espessura do papel (mícrons)] : 2000

 

Outra forma de cáculo genérico muito utilizado é o seguinte: para cada caderno de 16 págs. =1 mmde espessura, em offset de 75 g/m2. Para outros papéis e gramaturas, utilizar um livro já produzido para referência.

Outra boa fonte é através de um boneco. Isto é um modelo em papel sem impressão no formato e com o número de páginas da publicação montado de forma que se determine o tamanho da lombada.

 

Retornar Ver todas

Postagens Recentes

O que é marketing

O que é marketing

Você sabe o que é marketing? E saberia estabelecer qual a melhor estratégia ...

Pronto para a Black Friday?

Pronto para a Black Friday?

Prepare seu ponto de venda com materiais promocionais e atraia consumidores ...

Qualidade da imagem garante beleza do impresso

Qualidade da imagem garante beleza do impresso

Saiba como trabalhar corretamente com imagens em seus arquivos

Provas de Impressão

Provas de Impressão

O que são e por que elas são tão importantes para o cliente

Faça aqui o seu orçamento WhatsApp para orçamento